Archive by Author

Administre bem suas finanças na república

13 jun

Administrar as finanças é sempre uma atividade complicada pra quem é marinheiro de primeira viagem e vai morar sozinho, sem os pais. São eles que mandam a mesada mensal ou semanal e na maioria dos casos, o dinheiro não chega nem na metade do mês.

A especialista em economia doméstica, Jani Floriano, escreveu para dar algumas dicas de como administrar melhor as finanças na república. Aí vão algumas delas:

1) Não caia na tentação de estourar o orçamento com baladas, internet e celular. Esses são os principais gastos que os estudantes devem conter.
2) Identifique as prioridades e as despesas fixas em uma lista.
3) Quando for comprar material para a faculdade, procure nos murais da universidade a oferta de livros usados, apostilas dos professores e as feira de troca-troca.
4) Contas bancárias e cartão de crédito (banco, supermercado) também merecem atenção. É importante ficar atento às tarifas, verificando se os valores pagos não são altos a ponto de não ser viável manter o cartão.
5) Entrar em um consenso sobre as datas do pagamento das contas e a forma de divisão dos gastos é também necessário.

Seguindo esses passos, dificilmente não vai sobrar dinheiro para o lazer. Se organize e vamos aproveitar! Dizem por aí que os anos de faculdade são os melhores e você não quer perder né?

Por Marcelle Desteffani e Francine Leite

Anúncios

Até que ponto você aguenta?

12 jun

Uma república de Viçosa é nosso assunto de hoje. Seu nome é República Canela Raspada e os moradores criaram um blog para contar suas histórias.

Perambando por lá encontramos um vídeo interessante. Mostra até que ponto vai a paciência nas repúblicas e o que pode acontecer quando alguém some com o seu chinelo.

E o mais interessante é o desfecho. Confira:

Por Marcelle Desteffani e Francine Leite

Macarrão Especial

12 jun

Sempre que estou em casa no fim de semana gosto de cozinhar. Mas cozinhar só pra mim é sempre muito chato. Logo, minhas amigas de república e os agregados são sempre os cobaias.

Como o tempo é curto, opto pelas receitas mais simples. (Só pra não dizer que meus dotes culinários não são muito apurados).

A receita que mais gosto é do macarrão especial. Aí vai:

Ingredientes:
500g de macarrão Pene
200g de molho de tomate
700g de carne moída
1 lata de creme de leite
1 lata de milho
Caldo Knoor
Cebola
Água
Alho e Óleo
Sal a gosto
Queijo mussarela ralado

Modo de preparo:
Em uma panela coloque duas colheres de óleo, 4 cabeças de alho, meia cebola e o caldo Knoor. Deixe dourar e acrescente o molho de tomate. Quando estiver fervendo, coloque a carne moída. Acrescente um pouco de água, até cobrir a carne. Coloque sal a gosto. Deixe cozinhar por 15 minutos.

Ferva em uma panela a água, com algumas gotas de óleo e sal. Acrescente o macarrão. Deixe cozinhar. Quando estiver no ponto, desligue o fogo e escorra o macarrão embaixo de água corrente.

Quando a carne estiver pronta, junte o macarrão, acrescente o creme de leite e o milho. Agora é só servir, com o queijo por cima. A porção alimenta cinco pessoas. E só pra lembrar: quem cozinha não lava vasilhas! (risos)

Por Marcelle Desteffani

Hoje é festa lá no meu apê

12 jun

Opa, que dia é hoje mesmo? Sabadão, dia internacional do rock, da balada, da night!

Tudo bem que é Dia dos Namorados, mas das duas, uma: se está comprometido, vai ser um dia tranquilo e romântico. Mais tarde você vai sair com seu par pra jantar e por aí vai. Mas se vc está solteiro, sozinho, aleatório, vai caçar alguma coisa pra fazer – e/ou vai à caça.

Opções não faltam: barzinho, boate, shows… pelo amor de Deus, não vá ao cinema, muito menos sozinho. Nem pense em ficar em casa vendo filme, mais uma vez, sozinho. Depressão de 3º grau.

Não estamos nem na metade do mês, mas se você já gastou mais da metade da sua mesada/bolsa/salário, uma opção que cabe no bolso é a famosa festa no apê. Se a república onde mora só tem solteiros então, a diversão é garantida (quem namorar não vai ousar em levar o companheiro pra casa).

República que passou pela vida sem uma festinha não é república. Em Ouro Preto, tem social (como são chamadas as festas nas repúblicas) de terça a domingo. Lá as repúblicas se juntam e cada dia a festa é em uma. Aqui em Vitória, uma república que se divertiu ano passado foi a Resta 1. Aniversários, festas surpresas, datas comemorativas.. tudo foi motivo pra reunir a galera.

Guia Morando Fora de Casa

Para uma festa no apê de sucesso, junte o máximo a quantidade suficiente de pessoas que caibam na sua sala. Ajeite o som (não muito alto pra não encomodar os vizinhos), bata um papo 10 com o porteiro, recolha uns R$15 de cada um, compre os comes e bebes, afaste o sofá e está pronta uma das festas mais divertidas, confortáveis e baratas da sua vida!

Quando a festa começa a ficar boa...


Divirta-se e nos chame!

Por Francine Leite

Morando só fora de casa

12 jun

Morar sozinho é o sonho de muitos que querem sair debaixo da barra da saia da mãe. Quando já se passou pela experiência de morar com várias pessoas diferentes numa república, esse desejo é maior ainda. Ter seu próprio quarto, poder estudar em paz, assistir seu canal de TV favorito, arrumar a casa quando tem vontade e do seu jeito. As vantagens são inúmeras.

Uma das desvantagens de morar sozinho: sempre é sua vez de lavar a louça.

No entanto, morar sozinho não se resume a ser livre e independente. A empreitada exige mais organização do que se imagina, afinal começar cedo a cuidar de uma casa não é fácil. Arrumar a casa sozinho, pagar as contas sozinho, cozinhar sozinho e pra uma única pessoa… no final, pra despistar a solidão falar sozinho já é quase automático.

– Ah, te peguei! Tá falando com a tela do computador neste momento, não é mesmo? Arruma uma companhia, meu filho, hoje é Dia dos Namorados!

Francine Leite

Sessão Diário de Bordo Revolts

8 jun

[Esta sessão dedica-se a histórias pessoais das republicanas que vos escrevem]

Por Francine Leite

Alô você que chegou na república, domingão, depois de um feriado prolongado e encontrou a pia entulhada de louça suja. Pensou em xingar, espernear e até mesmo lavar tudo? Te deu ânsia de vômito só de pensar que aquela louça estava ali desde sexta-feira (sábado e domingo não tinha ninguém no apartamento)?

– Como uma pessoa sozinha (reza a lenda), em um só dia, consegue sujar isso tudo?

O que fazer então diante das várias desculpas que você pensou que a pessoa daria caso você brigasse?

Opção 1: Lavar e ficar quietinha.
Opção 2: Lavar, mas arrumar um barraco.
Opção 3: Arrumar um barraço e não lavar.
Opção 4: Não lavar, sujar mais, e ficar quietinha pra ver o que acontece.

Eu, pacífica e preguiçosa que sou, escolhi a opção 4 me amparando na certeza de que a pobre da faxineira chegaria segunda-feira e lavaria tudo (minha sorte).

– Pena

O suco é meu

19 maio

E os bilhetes não param. O daí de baixo veio de um rapaz para a sua irmã. A história é que ela não tinha tomado suco nenhum e mesmo assim recebeu o bilhete um tanto quanto mal criado. A menina nem sequer sabia de que suco o irmão estava falando. Vai entender…

Que suco?

Por Marcelle Desteffani